Azure Summit Brasil 2013

No último 16 de março, aconteceu o Azure Summit Brasil 2013, o maior evento de Windows Azure do país.

Posso dizer que foi o maior e mais trabalhoso evento que já organizei. Devido há algumas restrições, tivemos praticamente 5 semanas entre tirar um evento do papel e acomodar mais de 250 pessoas nos auditórios da Microsoft.

483868_477098742339240_1894292573_n

Números

Além das 250 pessoas que acompanharam o evento presencialmente, tivemos mais de 700 inscritos que ficaram em lista de espera, mais de 1.000 acompanhando o evento que foi transmitido online e esperamos ter outras milhares de pessoas acompanhando as gravações das palestras que estão sendo liberadas desde ontem no canal do evento no YouTube.

Com um prazo tão agressivo, precisavamos de uma forma de divulgação rápida e as redes sociais nos ajudaram demais nesse assunto. Em poucos dias, tivemos um alcance de 180.000 pessoas indiretas, 5.000 diretas e mais de 600 pessoas engajadas com a divulgação em redes como Facebook e Twitter.

Organização

O evento foi organizado pela BR Soluções Integradas, onde eu e o Evilázaro Alves representamos a empresa, mas contamos também com um grande apoio do MVP em Azure, Lucas Romão, do Luciano Condé, Gerente de Produto do Windows Azure, além dos times de DPE, Vendas e Parcerias da Microsoft Brasil que deram uma grande força na divulgação do evento.

538316_467807373268377_525795371_n 734096_477088642340250_865991893_n 537646_477088679006913_73175793_n

Falando em divulgação, não dá pra deixar de mencionar a gravação que Scott Guthrie, Corporate Vice President de Server and Tools Business fez, convidando o pessoal para o Azure Summit Brasil 2013.

Palestrantes & Palestras

Ao contrário de muitos eventos, a seleção de conteúdo e palestrantes acabou sendo a parte mais fácil de toda a organização do evento.

No lado do conteúdo, não tivemos que pensar muito, uma vez que decidimos cobrir 100% da plataforma. Nosso maior desafio foi organizar o conteúdo em trilhas adequadas e trazer para o evento assuntos não técnicos e poucos discutidos como Modelos de Negócio na Nuvem, Licenciamento, Segurança, entre outros.

164438_477088112340303_1939881684_n 487612_477087625673685_1424710579_n 578001_477087949006986_1575740230_n

Já no lado dos palestrantes, a escolha também não foi difícil. Inicialmente, adotamos um critério de seleção onde os palestrantes seriam formados por pessoas do grupo Azure Champs Brasil, funcionários da própria Microsoft e MVPs e depois disso foi apenas fazer um match de palestrantes e palestras.

A voz da comunidade

Gostaria de destacar também algumas publicações que descreveram muito bem o que foi o evento. São elas:

Canais

Apesar do evento presencial ter durado apenas um dia, o Azure Summit Brasil continua vivo na internet. Então, não deixe de assinar os canais no YouTube, Facebook e Twitter e fique ligado nas publicações das gravações das palestras, notícias sobre a plataforma de nuvem da Microsoft e divulgação de eventos futuros.

Curiosidades

Você sabia que o Azure Summit Brasil quase foi cancelado? Pois é, há 3 dias da realização do evento, a Microsoft foi notificada que devido a manutenções na rede elétrica não haveria energia no bairro e consequentemente no prédio onde o evento seria realizado.

Após considerarmos diversas possibilidades, entre elas o cancelamento do evento, optamos por manter tudo como programado e o Luciano Condé, assumiu a responsabilidade de montar uma força-tarefa para garantir a realização do evento a base de geradores.

Se não tivessemos anunciado, acredito que poucas pessoas perceberiam que iluminação, internet, ar-condicionado, elevadores, banheiros e toda a infraestrutura estava a base de geradores. Isso sem contar apoio de bombeiros e um time de contenção para garantir toda a segurança e a qualidade do evento.

Fica aqui o meu agradecimento ao Luciano Condé, que, utilizando palavras de Paulo Iudicibus, diretor de DPE, literalmente deu a luz ao evento.

Espero que vocês tenham curtido o evento tanto quanto eu.

Abraços e até a próxima.
André Dias

MVP Virtual Conference 2013 – 26, 27 e 28 de Março

Na próxima semana, no período de 26 a 28 de Março, teremos a primeira edição do MVP Virtual Conference.

Trata-se de um evento organizado e realizado por MVPs, que contará com 9 trilhas e que terá como o seu grande diferencial o foco em cenários reais. Com isso, cada trilha abordará um determinado cenário, onde todas as palestras da trilha estarão conectadas de forma a apresentar uma solução completa para o cenário proposto.

Eu estarei coordenando, junto com o MVP Carlos dos Santos, a trilha de Gerenciamento de Projetos e Equipes de Desenvolvimento. Que contará com palestras de todos os MVPs de ALM do Brasil, além de outros convidados.

O cenário que será abordado na trilha é o seguinte: Uma empresa de médio porte está em franco crescimento, aproveitando oportunidades do mercado. Suas aplicações estão se tornando mais complexas e o time de desenvolvedores está crescendo. Nos últimos anos, a empresa tem sofrido com uma demanda crescente por suporte, devido constantes falhas no software em produção. A qualidade do software gerado pelos times é sofrível e essa percepção tem crescido no mercado. A empresa espera continuar crescendo, mas precisa corrigir e evitar novos problemas com a gestão de seu processo de desenvolvimento de software. Recentemente, a empresa ouviu falar sobre as novas tendências no desenvolvimento ágil e os benefícios da abordagem para Modern Apps.

E para resolver esse cenário, a grade abaixo foi definida:

Horário

Título

Descrição

Palestrante(s)

09:00-09:35

Como escolher a modelo ideal de TFS para sua empresa.

Veja nesta apresentação os modelos de implementação do TFS, qual o mais adequado para a sua empresa e quais as vantagens de cada modelo.

Carlos dos Santos (MVP)

09:40-10:15

Agile Project Management.

É cada vez mais cresce o número de projetos que estão adotando um modelo de gestão ágil baseado no framework do Scrum. Nessa sessão discutiremos como integrar a gestão de projeto ágil dentro do Team Foundation Server desde planejamento do Sprint, acompanhamento, Scrum Board, Burndown permitindo a integração em um ambiente de colaboração ágil integrando todas as informações contribuindo para maior eficiência e melhoria dos projetos desenvolvidos. Durante essa sessão vamos discutir como implementar um Sprint baseado no Scrum usando o Team Foundation Server organizando o backlog, Sprint Backlog, atividades, Velocity, Burndown, Forecast e como o Application Lifecycle Management pode contribuir com melhoria e agilidade no dia a dia dos projetos.

Ramon Durães (MVP)

10:15-10:50

PowerPoint Storyboarding and Feedback Client

A evolução da informática torna cada vez mais clara a necessidade dos desenvolvedores de software em atender bem os seus clientes. Clientes não são meros usuários, eles são pessoas, têm sentimentos e necessidades, e não vivem para operar um sistema. Clientes podem ter vários perfis, diferentes necessidades e usos para cada peça de software construída. E por mais óbvia que possa parecer esta observação, ainda não percebemos uma atenção real aos clientes e suas necessidades por parte da maioria das equipes de desenvolvimento. O PowerPoint Storyboarding e o Microsoft Feedback Client não resolvem o problema citado acima, mas partindo desta mudança de postura, podem ser excelentes ferramentas para melhorar a comunicação e facilitar o trabalho colaborativo entre os desenvolvedores de software e os seus clientes, ajudando a termos um bom início e um bom encerramento de um ciclo de desenvolvimento de uma aplicação.

Marcelo Azuma (MVP)

10:55-11:30

Estratégias de Branch & Merge utilizando o TFS 2012

Para otimizar a sua equipe no desenvolvimento de novas funcionalidades, acertos de bug e até mesmo desenvolver versões completamente renovadas as empresas acabam necessitando que tudo ocorra em paralelo, ou seja, melhorias, bugs e novas versões construídas simultaneamente.Como fazer para garantir que o código que vai para a produção é somente da funcionalidade desejada e não de tudo que está acontecendo no momento ? Para resolver esse problema devemos aplicar algumas estratégias de Branch & Merge, permitindo a segmentação e controle necessário para que você leve para produção somente o que realmente desejar e precisar.

Cláudio Leite (ALM Ranger)

13:00-13:35

Teste de Software: Manual sim, amador, jamais!

Você usa o Office como plataforma de Testes? Word para Casos de Testes, Excel para Gerenciamento de Bugs e Power Point para coletar evidências? São ótimas ferramentas, mas não foram criadas para isso. E como fica a rastreabilidade entre todos esses artefatos? Quantas horas, dias ou até mesmo meses você demora para fazer um teste de regressão? Aliás, o que eu devo testar nesta nova versão? Se você não está confortável para responder alguma dessas perguntas, essa palestra é para você. Nela, veremos como utilizar o Microsoft Test Manager para criar, gerenciar e executar Casos de Testes, além de ver na prática toda a rastreabilidade entre Requisitos, Código Fonte, Build, Casos de Testes e Bugs. Veremos também a novíssima funcionalidade de Testes Exploratórios e, por último, entenderemos como é possível fazer praticamente tudo isso sem nenhuma ferramenta instalada em seu computador. Isso mesmo, mostraremos a versão ainda beta do Web based Test Case Management.

André Dias (MVP)

15:40-14:15

Aferindo a qualidade do serviço com testes de desempenho

Concluir um sistema e garantir sua qualidade vai muito além de entregar o código-fonte pronto e alguns testes. Ainda que as regras de negócio estejam todas corretas, podemos dizer que um sistema realmente funciona se ele não atender às demandas de estabilidade, desempenho e responsividade dos usuários? Venha aprender como as ferramentas de teste de desempenho para aplicações Web do Visual Studio Ultimate pode ajuda-lo a criar e analisar testes de desempenho de aplicações Web.

Igor Abade (MVP)

14:15-14:50

Automatizando Builds com Team Foundation Server – Muito alem do “F5”

Para muitas pessoas gerar um Build de uma aplicação é baixar o código fonte na máquina de um desenvolvedor e compilar o código (o que não deixa de ser verdade 🙂 ). Conheça a plataforma de Build do Microsoft Team Foundation Server 2012 e comece a enxergar um novo mundo, um mundo de praticidade, agilidade, deploy e integra continua. Transforme seu processo de publicação manual em poderosas automações com este recursos. Veremos um pouco sobre a estrutura de conceitos, servidores, integrações, validações e deploy de software com TFS 2012.

Adriano Bertucci (MVP)

14:55-15:30

Eliminando o cenário “no repro bug”

Veja como utilizar o IntelliTrace para coletar informações de debuging em ambientes de produção. Isso permite você entender o que aconteceu com a sua aplicação sem a necessidade de instalar Visual Studio ou ter que fazer qualquer tipo de mudança no ambiente da aplicação.

Marcio Sete (MVP)

15:30-16:45

Round Table

Nesta sessão, todos os palestrante se reunirão para responder as suas perguntas. Está com alguma dúvida? Traga para nós!

Palestrantes e Convidados

 

Ficou interessado? Aproveite e inscreva-se em http://mvpvirtualconference.azurewebsites.net/. É um evento 100% online e gratuito.

Nos vemos lá.

Abraços
André Dias

Casa Nova – CQO da BR Soluções Integradas

A ideia deste post é apenas oficializar uma coisa que muitos já estão sabendo. Não que isso seja extremamente importante, mas gostaria de compartilhar com todos que sou o mais novo CQO – Chief Quality Officer da BR Soluções Integradas 🙂

Para quem não conhece, a BR Soluções é uma empresa que foi fundada em Julho de 2007, pelo MVP de Microsoft Integration, Evilázaro Alves e que é conhecida por oferecer serviços e soluções focadas em SOA, Cloud e também ALM (Application Lifecycle Management).

Na teoria, sou o responsável pela qualidade de toda cadeia de valor da empresa, ou seja, pela qualidade das pessoas contratadas, dos serviços oferecidos, pelo bom relacionamento com clientes, fornecedores, parceiros, funcionários e comunidade, enfim, pela qualidade da empresa. Na prática, além dessas atividades, estou reestruturando toda a área de ALM, além de dar pitacos em uma série de outras coisas, ou seja, é muito trabalho.

Como não podia ser diferente, o lado de comunidade continua mais forte do que nunca e a BR Soluções, com o apoio da Microsoft Brasil, é a organizadora do primeiro Azure Summit Brasil, que será realizado dia 16/03, e devemos liberar em breve também o primeiro MVA sobre certificação de TFS (Team Foundation Server) 2012. Curta a nossa página no Facebook e fique ligado nas novidades.

Bom, por enquanto é isso! Posso dizer que estou bastante feliz com a casa nova e que as expectativas são as melhores possíveis. Espero que muito em breve, eu volte a compartilhar coisas da BR Soluções com vocês.

Abraços e até a próxima.
André Dias

Como diria Bruce Buffer, It´s time!

Fala galera,

Antes de tudo, se você não entendeu o título deste post, recomendo assistir esse pequeno vídeo com a introdução do UFC RIO 2. Mesmo se você entendeu, recomendo que assista também porque o vídeo é muito bom! 🙂

Bom, vamos ao que interessa:

Há pouco mais de 2 anos, eu me lembro de estar no palco do TechEd Brasil, ao lado do Giovanni Bassi, anunciando pela primeira vez, a criação da Lambda3.

De lá pra cá a empresa mudou bastante: crescemos 600%, estamos indo para o segundo escritório em SP, temos uma filial no RJ, uma carteira de clientes de respeito e bastante satisfeitos, um dos melhores times técnicos do Brasil e um faturamento acima do esperado para um empresa com apenas 2 anos de vida.

Nestes 2 anos, tive um aprendizado incrível, principalmente no início da empresa, onde tive que lidar com atividades administrativas, financeiras, contábeis e comercias. Foram várias decisões importantes sobre o modelo de negócio da empresa, decisões estratégicas, contratações, crescimento, discussões filosóficas, enfim, uma experiência que vou revisitar o resto de minha vida.

Obviamente, tive um grande aprendizado na área técnica também, não só por atender clientes cada vez mais exigentes, mas também por estar ao lado de referências nacionais em assuntos como desenvolvimento, agilidade e ALM.

E não posso deixar de mencionar que conseguimos criar também uma empresa bastante polêmica, o que considero absolutamente normal em uma empresa que está sempre buscando a inovação e tenta adotar modelos de trabalho/gestão diferentes e incomuns. Entenda um pouco melhor do que estou falando neste post.

E, após esse longo discurso, chega a hora de anunciar a minha saída da Lambda3. Conforme eu já citei bastante acima, foi um período fantástico, mas chegou a hora de buscar novos rumos. Espero, em breve, publicar essas novidades no meu novo blog, que está no seguinte endereço http://blog.andredias.net. Por favor, atualizem seus feeds para http://blog.andredias.net/feed.

No mais, eu só tenho a agradecer clientes, parceiros, fornecedores, funcionários e sócios que contribuíram diretamente ou indiretamente, não só para o crescimento da empresa, mas que me ajudaram muito a evoluir não só tecnicamente, mas me ajudaram a me tornar uma pessoa melhor.

Um grande abraço a todos e boa sorte a Lambda3.

André Dias

Por que assistir a trilha de ALM no TDC 2012?

Como vocês já devem saber, no período de 4 a 8 de Julho, teremos uma nova edição do TDC (The Developers Conference), um evento realizado anualmente pela GlobalCode, com 5 dias de duração, com 35 trilhas e 240 palestras cobrindo assuntos das mais diversas tribos. Sem dúvida, um dos maiores eventos de TI do país. Quer aprender sobre robótica, cloud computing, tv digital, games, .net, java, python, ruby, scala, isso mesmo, scala? Apareça por lá!

 The Developers Conference 2012, um evento organizado pela Globalcode

Com toda essa diversidade tecnológica, eu me sinto obrigado a dizer: Você precisa ir a esse evento. Mesmo que você seja um cara muito bom no que você faz atualmente, sem dúvida, você será iniciante em algum outro assunto e o TDC é um ótimo lugar para você conhecer pessoas e assuntos novos.

Minha recomendação? Se possível, vá todos os dias ao TDC, mas se você puder ir apenas um dia, vá na quinta-feira (05/07) e assista a trilha de ALM. Não acredita em mim? Vou listar alguns motivos e te convencer que você deve assistir essa trilha:

ALM vai te tornar um profissional melhor

No meu dia a dia, como consultor de ALM, eu preciso conversar com diversos perfis diferentes, entre eles: desenvolvedores, arquitetos, testadores, profissionais de infraestrutura, DBAs, analistas de negócio, de processo, gerentes, diretores e até CIOs. E não é só conversar, eu preciso entender quais são as suas necessidades, propor melhorias e fazer a coisa acontecer.

Não é um trabalho simples. Muitas vezes você precisa mexer na cultura e no processo da organização. Você precisa mudar a forma com que as pessoas trabalham e acho que você já consegue perceber o problema que é para um estranho chegar na empresa e dar “pitacos” no trabalho de todo mundo.

Será necessário discutir melhores técnicas ou ferramentas de qualidade com o testador. Em algum momento durante uma automação, você vai precisar de um acesso administrativo e o DBA ou o ITPro vai barrar e você vai precisar convencer esses caras, ou as vezes precisará convencer o chefe, do chefe, do chefe desses caras que isso vai trazer benefícios e não retirar poderes deles. Enfim, você terá que ter um conhecimento mínimo de todas essas áreas para conseguir o respeito dessas pessoas, afinal, linhas de código vão virar bolinhas verdes ou vermelhas no scorecard dos diretores e eles terão que confiar nessas informações para tomar decisões.

Neste momento, você deve estar com um destes sentimentos completamente antagônicos: ou você já desistiu da área de ALM, pois vai dar muito trabalho estudar esse monte de coisas ou está vendo um grande desafio e diversão por muitos anos.

ALM vai te dar diversão por vários anos

Pois é, eu escolhi a segunda opção e posso garantir que não há nada mais divertido que ser consultor de ALM. Cada dia em uma empresa diferente, cenários e culturas diferentes, pessoas, processos e ferramentas diferentes, mas todas com um problema em comum: elas querem se tornar empresas de software melhores e elas contam com você pra isso.

Eles vão olhar para você, contar os problemas e exigir uma solução. Com o tempo, você terá as soluções na ponta língua, mas em algum momento, vão pedir para você integrar a solução A, com a solução do concorrente e lá vai você estudar a solução do concorrente, e quando você achar que é o consultor ultra-mega-blaster, algum fornecedor vai mudar toda a pilha de produtos (a Microsoft costuma fazer isso a cada 2 anos) e te fazer estudar tudo de novo. Meu amigo, é desafio e diversão que não acaba mais

ALM vai te fazer ganhar bastante dinheiro

Obviamente, ninguém é masoquista e trabalha, por esporte, diversão ou amor a camisa, pelo menos não só por isso. Em algum momento, vamos querer alguma recompensa por todo esse esforço e, se vier de forma financeira, melhor ainda. E aqui vem a grande notícia…

…Meu amigo, pare e pense: se está difícil achar um programador sênior bom, imagine achar um consultor de ALM? Não precisa nem ser sênior, simplesmente você não acha! Ou a sua empresa forma alguém, ou “rouba” alguém do concorrente, paga peso de ouro e arruma um pouco de confusão para a sua empresa.

O mercado sabe disso, as empresas que trabalham com ALM sabem disso, e nada mais justo esse cara ganhar muito mais que qualquer dev sênior, afinal o cara tem que estudar o tempo todo, porém estudar várias disciplinas.

Neste momento, acredito que, se você ainda não está convencido, está no mínimo curioso para assistir a trilha de ALM do TDC e deixo aqui uma dica para você: Todas as empresas que palestrarão nesta trilha estão contratando, sem exceção. Até a Microsoft está com vaga para consultor de ALM e paga muito bem (pensando bem, nem tanto assim :-)). Caso você queira entrar nesse mundo, venha conversar conosco durante o evento.

Bom galera, é isso, eu quis passar um pouco da minha experiência para vocês e mostrar como essa área de ALM é promissora e porque você precisa assistir essa trilha no TDC.

Pra finalizar, só uma “puxadinha da sardinha” para o meu lado: Nós teremos duas trilhas de ALM no evento. Eu estou coordenando a trilha de Microsoft ALM, plataforma essa que foi eleita recentemente a melhor plataforma de ALM do mercado, segundo o Gartner. Então, fica aí a minha dica para você ir ao evento e assistir a trilha de Microsoft ALM, porém, tenho que comentar que em algum momento, você precisará conhecer boa parte das técnicas e ferramentas que serão abordadas na trilha de Open ALM. Portanto, caso você simpatize mais com essa plataforma, recomendo que a visite também, você aprenderá muita coisa útil para a sua carreira como consultor de ALM :-).

E aí, ficou convencido? Vai assistir a trilha de ALM? Deixe seu comentário abaixo!

Abraços e até a próxima.
André Dias

Teched 2011 – Implantando Continuous Delivery com TFS

Pessoal, muito obrigado a todos que puderam participar da palestra DEV307 -Implantando Continuous Delivery com TFS, realizada por mim e pelo Igor Abade. Espero que vocês tenham gostado.

Segue abaixo os slides da palestra, além de alguns links importantes.

 

Até a próxima,
André Dias

ALM Summit Brasil – O maior evento de ALM do país

No próximo dia 27/11, teremos a primeira edição do ALM Summit Brasil. Se você não sabe bem o que é ALM ou ainda está em dúvida de vale a pena ir ou não, confira abaixo um raio-x do evento.

O que é ALM?

ALM ou Application Lifecycle Management nada mais é do que um conjunto de práticas distribuídas entre 3 pilares: Pessoas, Processos e Ferramentas. São esses pilares que suportam uma aplicação desde o seu nascimento até o momento que ela deixa de ser utilizada.

Legal, ficou um pouco teórico, vamos ver um exemplo prático: Podemos dizer que quando alguém tem alguma ideia ou necessidade e esta vai para um portfolio de projetos, o seu ciclo de vida já começa a ser gerenciado e a governança começa atuar sobre ele. Em seguida esse projeto será priorizado, estimado, os requisitos serão levantados, a aplicação será construída e colocada em produção. Neste instante, a aplicação deixa de ser um projeto e vai para o portfolio de aplicativos, pois ela passa a ser um ativo da empresa, ela já começa a gerar algum ROI (Retorno sobre Investimento), seja ele financeiro ou não. Porém, o ciclo não acaba aí. Precisamos monitorar essa aplicação o tempo todo para avaliarmos se vale a pena mantê-la ativa, se ela precisa de evoluções, se o custo de manutenção está muito alto ou se ela não dá mais nenhum retorno e já pode ser descontinuada.

Resumindo, se você é um gerente de projetos, desenvolvedor, arquiteto, tester, analista de negócio, profissional de infraestrutura ou desempenhe qualquer outro papel necessário para desenvolver um software, você está usando alguma das práticas do ALM. Scrum, CMMi, PMBoK, TDD, Integração Contínua, IoC, Gerenciamento de Portfolio de Projetos, .NET, Java e todos os demais frameworks, práticas, técnicas e tecnologias que você conhece estão debaixo do guarda-chuva do ALM.

Qual o propósito do evento?

Esse evento tem o objetivo de ser um evento anual, onde discutiremos as tendências e desafios do ALM no Brasil e no mundo. Esta primeira edição foi inspirada no ALM Summit americano que contará com grandes nomes do mercado como Ken Schwaber (criador do Scrum), Brian Harry (pai do Team Foundation Server), Dave West (Analista da Forrester, uma das líderes mundiais em pesquisa de mercado) e Tony Scott (CIO da Microsoft).

Na edição 2010, teremos duas sessões gerais, vamos reproduzir 7 palestras do ALM Summit americano, teremos também 3 palestras inéditas com alto conteúdo técnico e por fim teremos uma sessão chamada ASK THE EXPERTS, onde o público poderá esclarecer suas dúvidas com os palestrantes do evento.

Visão Geral da Programação

O evento começará com uma sessão geral, onde Rodrigo de Carvalho (Microsoft) e Giovanni Bassi (Lambda3) falarão sobre as tendências e desafios do ALM. Eles também farão um overview de como foi o ALM Summit americano e por fim, o Paulo Yamada (Secretaria da Fazenda – SP) comentará sobre uma implantação de ALM realizada na SeFaz-SP.

Em seguida partiremos para as palestras simultâneas. Teremos duas tracks, sendo uma extremamente técnica e outra abordando conceitos, negócios e algum conteúdo técnico também.

Nas sessões de antes do almoço teremos 4 palestras cobrindo o ALM em ambientes heterogêneos, falando sobre o uso do ALM com Java, Linux, Mac, etc. Teremos palestras falando sobre testes em ambientes ágeis, continuous delivery que é um conceito um pouco além da integração contínua e teremos um palestra que entrará bem a fundo na customização de relatórios do TFS.

Após o almoço teremos mais 4 palestras. Do lado técnico, teremos uma focada na customização avançada de Work Items e outra também focada na customização avançada do Team Build. Na sala de negócios, teremos outras duas falando sobre o verdadeiro conceito por trás do ALM e sobre os estilos de gerenciamento de projetos e desenvolvimento colaborativo. Simplesmente imperdível!

Ao final, teremos outra sessão geral, onde Giovanni Bassi fará uma reprodução da palestra de Ken Schwaber falando sobre a 3ª década do Scrum e finalizaremos com o Ask The Experts.

Escolha dos Palestrantes

O comitê de organização do evento selecionou as principais palestras do evento americano, em seguida incluímos alguns temas que raramente são comentados em palestras devido a sua alta complexidade técnicas e por fim selecionamos os melhores nomes para os assuntos no país. E como vocês podem ver na grade do evento, temos 3 ALM Rangers, 4 MVPs, e 4 Funcionários da Microsoft Brasil. Sem dúvida, são os maiores nomes de ALM e TFS no Brasil!

Preço

O evento tem um custo simbólico de R$ 70,00 até o dia 12/11. Esse custo é apenas para ajudar a pagar despesas operacionais do evento, coffee break, além de ser revertido em brindes para os participantes (quem se inscrever até 12/11 ganhará uma linda camisa polo do evento).

Após 12/11 o valor de inscrição vai para R$ 100,00.

Por que você deveria participar do evento?

  1. É o primeiro evento focado 100% em ALM do Brasil;
  2. Os maiores nomes de ALM do Brasil estarão presentes;
  3. O custo do evento é insignificante. Apenas R$ 70,00 contra 1495 dólares no evento americano;
  4. Alto conteúdo técnico. Serão as primeiras palestras nível 400 em português do sobre Team Build, Work Items e Reporting;
  5. Todos os aspectos do ALM serão cobertos: Pessoas, Processos, Ferramentas, Governança, Desenvolvimento e Monitoração;
  6. Práticas ágeis como continuous integration, continuous delivery, tdd, entre outras serão abordadas em profundidade;
  7. Você terá uma sessão dedicada para tirar dúvidas com os maiores especialistas no assunto;
  8. A possibilidade de networking com os palestrantes e com o público é sensacional.
  9. Acho que já é suficiente né?

Inscrições

Você pode pagar em boleto bancário, transferência eletrônica e cartão de crédito. Acesse já o site do evento e faça a sua inscrição. http://www.alm-summit.com.br

Até lá!
André Dias

TechEd Brasil 2010: Palestra – Tudo o que você precisa saber sobre Scrum e Visual Studio ALM

Hoje, durante o primeiro dia do TechEd Brasil 2010, tive o grande prazer palestrar sobre dois assuntos que eu “gosto pouco”: Agilidade e ALM. Só isso seria o suficiente pra me deixar bastante satisfeito, afinal falar sobre o que você gosta no maior evento de tecnologias Microsoft da América Latina não acontece sempre.

Mas, para minha felicidade, foi um pouco mais que isso. Eu e o Giovanni Bassi fizemos uma palestra dupla sobre o assunto. Isso mesmo! Foram 150 minutos falando sobre praticamente toda a plataforma de ALM da Microsoft. Nós mostramos a Arquitetura do TFS, fizemos uma introdução sobre método ágeis, fizemos dezenas de demos sobre as Ferramentas de Testes, Arquitetura, Desenvolvimento, além de mostrar diversas features do TFS como Source Control, Team Build, Scrum Process Template e muito mais.

Nos últimos 30 minutos da palestra, ainda rodamos um projetinho ao vivo simulando a prática do Scrum no dia a dia. Fizemos a Planning Meeting, definimos o Sprint Backlog, desenvolvemos um Blog utilizando TDD, ASP.NET MVC 3 e Entity Framework 4.0 e por fim fizemos o Sprint Review e a Sprint Retrospective. Foi um exercício bastante divertido!

No final da palestra, sorteamos alguns baralhos de Planning Poker da Microsoft, uma licença do ReSharper e uma licença do MSDN Ultimate no valor de aproximadamente R$ 25.000,00, cedido gentilmente pelo time de Visual Studio da Microsoft Brasil.

Abaixo você pode conferir os slides das duas palestras:

Tudo o que você precisa saber sobre Scrum e Visual Studio ALM – Parte 1/2

Tudo o que você precisa saber sobre Scrum e Visual Studio ALM – Parte 2/2

Como não colocamos referências nos slides, vou publicar alguns links aqui que são bastante interessantes:

Bom, é isso, espero que vocês tenham gostado.

Um grande abraço,
André Dias

MSDN WebCast : Desvendando o TFS e o Visual Studio 2010

No último sábado (24/04), tivemos mais um MSDN WebCast – Saturday Night Code, onde falamos sobre o novo MSF for Agile 5.0, Scrum, TFS 2010 e Visual Studio 2010 por mais de 3 horas.

O Webcast começou comigo falando sobre as novidades do MSF for Agile, mostrando como planejar e executar um projeto ágil utilizando o TFS 2010 e o SharePoint Server. Em seguida, passei a bola para o Daniel Oliveira que demonstrou, com riqueza de exemplos, dezenas de features novas do VS 2010, tais como Diagramas UML, Grafos de Dependência, Diagrama de Camadas com Validação de Arquitetura, além de cobrir muitas outras novidades sobre as ferramentas de testes do Visual Studio 2010.

Infelizmente, o site de eventos global da Microsoft entrou em manutenção e apenas 12 pessoas das mais de 700 cadastradas tiveram a oportunidade de ver o evento ao vivo.

A boa notícia é que o evento foi gravado e se você não foi um dos premiados que conseguiu ver o evento ao vivo, pode baixar o vídeo direto do site de eventos da Microsoft 

Os slides da minha palestra também estão disponíveis no SlideShare.

Um grande abraço e espero que gostem.
André Dias

Últimos dias da promoção #VS2010PREMIO

A promoção de divulgação do Visual Studio 2010 está chegando ao fim. No próximo dia 22/11 às 23:59 encerrarei a promoção e poderemos conhecer o vencedor do pacotão de prêmios composto por uma licença do Team Foundation Server 2008 + Visual Studio 2008 Team Suite + Mochila para Notebook além de um voucher com desconto de 100% em qualquer certificação Microsoft.

O pacote de prêmios é, sem dúvida, muito atraente, mas confesso que eu não esperava todo esse sucesso. Em apenas 10 dias de promoção tivemos mais de 130 posts em blogs e mais de 60 notícias divulgando o produto através de diversos canais. Fui até obrigado a escrever um programa para contabilizar a pontuação da galera 🙂

Gostaria de aproveitar para parabenizar os profissionais Alliston Aleixo e Leandro Daniel que até o momento, já produziram juntos mais de 150 publicações sobre o Visual Studio 2010 e também agradecer a todos pelas diversas publicações cobrindo praticamente todas as novidades do produto.

São centenas de posts falando sobre WCF, WPF, WF, Entity Framework, Azure, ASP.NET, Modelagem UML, TFS, VS2010, Paralelismo, Silverlight, novidades recém lançadas no PDC09, enfim, praticamente todas as novidades dos produtos e frameworks e você pode acompanhá-los todos neste endereço http://search.twitter.com/search?q=%23VS2010PREMIO

Um outro ponto que me deixou extremamente satisfeito foi o feedback de vocês. Frases como as descritas abaixo, reforçam a importância de organizar “campanhas” como esta que incentivam o compartilhamento de informações, principalmente em português.

@luizcarlosfaria
@andrediasbr A campanha do VS2010, me trouxe muito mais conteúdo do que eu havia procurado. Me convenceram!!! Agora migrando para #VS2010

@Jannygomez
Na #VS2010PREMIO pude aprender mtas coisas interessantes sobre o vs2010, gostaria que todos os lançamentos da Microsoft fossem assim 🙂

@allistonCarlos
E antes de mais nada, queria agradecer essa divulgação, pois com ela eu tô aprendendo mais e mais sobre o VS2010! Show de bola, deveriam haver mais dessas hehehe.

@Jannygomez
#VS2010PREMIO Ah, o vencedor deveria ganhar uma inscrição no TechEd2010 🙂

Muito obrigado por esse feedback extremamente positivo pessoal.

E por fim, as parciais que todos estavam esperando com os 5 primeiros colocados.

Usuário

Cancelados

Notícias

Blog

Casos de Sucesso

Total

allistonCarlos (Alliston Aleixo)

16

38

78

1

848

leandronet (Leandro Daniel)

9

10

42

0

430

marcelodeaguiar (Marcelo de Aguiar)

1

7

6

0

67

vquaiato (Vinicius Quaiato)

2

2

3

0

32

djonatastenfen (Djonatas)

0

2

1

0

12

É isso aí pessoal, o Alliston tem uma grande vantagem, mas a promoção ainda não acabou. Continuem postando e até a próxima.

Abraços
André Dias