Hoje eu tive acesso à versão atualizada do Chaos Report, para quem não conhece é aquele relatório famoso, sempre apresentado em palestras de gerenciamento de projetos e metodologias, que mostra taxas de sucessos e de falhas dos projetos.

Nos últimos anos, eu tenho participado ativamente de discussões sobre processos, metodologias, ferramentas de ALM, boas práticas de desenvolvimento, padrões, arquiteturas, qualidade, testes, enfim, nunca vi uma preocupação tão grande em fazer software da forma correta como nos últimos tempos, e eu tinha certeza que arrebentaríamos nas novas pesquisas, porém para a minha surpresa, o Chaos Report 2009 diz que pioramos em relação aos outros anos.

caos-report2009

Como podemos ver nos dados acima, tivemos:

  • 32%  Sucesso (no prazo, dentro do orçamento e com escopo completo)
  • 44%  Mudaram (atrasaram, estourou o orçamento, e/ou reduziram escopo)
  • 24%  Falharam (cancelados ou nunca usados)

Segundo o relatório, nós estamos piores do que estávamos em 2004, no entanto, eu tenho vivido uma experiência bastante diferente da que o Standish Group divulga, com vários projetos com sucesso, algumas mudança e apenas uma falha e aí deixo as seguintes perguntas para vocês:

  1. Será que nada que fizemos nos últimos anos ajudou a aumentar o índice de sucesso dos projetos?
  2. Será que realmente estamos piorando ou será que o método de medição deste órgão está falho?
  3. Qual a experiência de vocês?

Abraços
André Dias