Comunidade de ALM

Há algum tempo eu fiz um post sobre onde aprender ALM na faixa. O post dá dicas de livros, vídeos, artigos, guias e uma quantidade absurda de material para você aprender ALM de todas as maneiras. Mas e depois? Você já leu parte deste material, ficou com dúvidas ou quer compartilhar experiências, discutir e se aprofundar no assunto. Quais são os próximos passos?

Abaixo você encontrará algumas referências de pessoas, comunidades e alguns canais para você se engajar ainda mais com o tema ALM.

ALM MVPs e ALM Rangers

MVP e ALM Rangers são dois programas mantidos pela Microsoft. Enquanto o primeiro tem um foco em reconhecer profissionais por sua contribuição com a comunidade técnica, o segundo tem um foco um pouco diferente, onde o objetivo é reunir um grupo de especialistas em ALM ao redor do mundo para, junto com o time da produto da Microsoft, criar guias e ferramentas para preencher as lacunas dos produtos/mercado.


Quem são os Brasileiros que fazem parte destes programas e pode ajudá-lo?

Comunidades

Agora que você já sabe quem pode te ajudar. Que tal se envolver em uma ou mais comunidades para esclarecer dúvidas, compartilhar experiências e ficar sabendo o que anda rolando neste mercado?

Time de Produto

Vá além, não fique limitado ao conhecimento da sua comunidade local. Busque informações diretamente da fonte acompanhando os blogs de quem define o rumo dos produtos e da estratégia de ALM da Microsoft.

É bem provável que eu tenha deixado alguém, alguma comunidade ou algum blog muito relevante de fora. Então, desde já fica aqui as minhas desculpas por essa falha, e conto com a colaboração de todos para manter esse post o mais atualizado possível. Se você lembrou de alguma outra fonte, deixe um comentário que eu adiciono.

Abraços e até a próxima.
André Dias

Palestra ALM End-to-End no TDC 2013 SP

Sexta-feira, 12 de junho, tive a honra de participar de mais uma edição do The Developers Conference (TDC). Ao todo, são 3 anos seguidos contribuindo com a trilha de ALM, seja com a coordenação da trilha ou mesmo como palestrante.

 The Developers Conference 2013, um evento organizado pela Globalcode

Diferente do ano passado, onde tínhamos trilhas específicas para ALM Open e ALM Microsoft, neste ano as trilhas se misturaram e com isso decidi cobrir a plataforma de ALM Microsoft de uma forma mais genérica. Posso dizer que foi um grande desafio fazer uma introdução a ALM, dar uma visão geral do TFS e demonstrar praticamente a plataforma inteira em 50 minutos e claro, responder as dúvidas da galera.

A pedido da Microsoft, acabei repetindo a palestra no mesmo dia em uma sala exclusiva da Microsoft no evento, onde com um pouco mais de tempo, foi possível discutir nos bits aspectos da automação de testes da plataforma.

Sem dúvida, mais um grande evento com muito aprendizado e muito networking e só posso deixar aqui os meus agradecimentos a Yara Senger, Diretora Geral do Evento, e ao Bruno Souza e Kleber Xavier pela definição de uma grade excelente e pela ótima condução na coordenação da trilha. Muito obrigado pessoal.

Abaixo vocês podem ver algumas fotos do evento e os slides da palestra:


Imagem 1: Apresentando um dos relatórios de Bugs do TFS.


Imagem 2: Uma mente brilhante.


Imagem 3: No stand da Microsoft tirando dúvida da galera.

Abraços e até a próxima.
André Dias

Mais conteúdo preparatório para os exames de ALM

Como mencionei no post anterior, no último sábado, durante o ALM Summit Brasil 2013, lançamos o MVA preparatório para Certificação em TFS 2012 (70-496).

Tenho recebido ótimos feedbacks do MVA, mas também já vem em seguida a cobrança: “E aí, quando você vai fazer o MVA para os outros exames de ALM?”. Pois é, dá bastante trabalho e não deve sair tão cedo, mas nem por isso você vai ficar sem material para estudar.

SolDev_AppsLcMgmt_Blk

A Microsoft Corp, em parceria com Northwest Cadence, um parceiro de ALM americano, decidiu promover 3 cursos preparatórios para os 3 exames de ALM:

Todos os cursos são gratuitos, serão realizados no mês de maio e preparam para os exames de ALM que são necessários para obter a certificação MCSD ALM e também são pré-requisitos para se tornar parceiros Microsoft na competência de ALM.

Ficou interessado? Faça o registro nos links acima! No entanto, se você não puder esperar ou preferir um apoio, orientação e preparação para o seu time, entre em contato, que podemos apoiá-lo na capacitação do seu time para se tornar uma parceiro de ALM da Microsoft.

Abraços e até a próxima.
André Dias

MVA Certificação TFS 2012

Demorou, mas saiu! Ontem, durante o ALM Summit Brasil 2013, foi anunciado o lançamento do MVA (Microsoft Virtual Academy) para Certificação de Team Foundation Server 2012.

Trata-se de um curso preparatório para o exame, totalmente gratuito, onde você terá a sua disposição 22 vídeos, mais de 80 links para complementar os estudos, além de 30 questões para você sentir na prática o funcionamento da prova.

 mvstfs

Devido a uma restrição de quantidade do MVA, nem todos os links puderam ser publicados, então eles foram reproduzidos no seguinte post: Study Guide – Administering Visual Studio Team Foundation Server 2012 – Exam 70-496.

Ficou interessado? Acesse o MVA, agende o seu exame e depois deixe aqui seu comentário sobre o resultado do exame e deixe-me saber se este material contribuiu de alguma forma para a sua preparação.

Boa sorte!
André Dias

Study Guide – Administering Visual Studio Team Foundation Server 2012 – Exam 70-496

[en-us]
Details about the exam are available in http://www.microsoft.com/learning/en/us/exam.aspx?id=70-496. Below you can find the skills measured and links to MSDN articles.

[pt-br]
Guia de Estudos para o Exame de Certificações do TFS 2012.

Detalhes sobre o exame estão disponíveis em http://www.microsoft.com/learning/en/us/exam.aspx?id=70-496. Abaixo você pode encontrar os assuntos cobrados na prova com os respectivos links para artigos no MSDN.

Install and Configure Team Foundation Server (25%)

Manage Team Foundation Server (26%)

Customize Team Foundation Server for Team Use (24%)

Administer Version Control (25%)

Onde aprender ALM na faixa?

Próximo sábado, teremos mais uma edição do ALM Summit Brasil. Trata-se do maior evento de ALM do país, que nesta edição contará com 1 keynote do Product Manager do Visual Studio no Brasil, Rodrigo de Carvalho, além de mais de 30 palestras, open spaces e 21 palestrantes. Sem dúvida, um grande evento para você aprender ALM.

Mas e depois? Você foi ao evento, leu algum artigo ou ouviu em uma das minhas palestras que o mercado de ALM está bombando e pagando muito bem e ficou interessado em se aprofundar no assunto. Onde aprender mais sobre ALM? 

Aliás, essa é uma pergunta muito frequente, seja em faculdades, eventos técnicos, ou mesmo em clientes, sempre alguém me pergunta: “Tem algum curso? O que você recomenda para eu aprender ALM?”. E isso foi que me motivou a escrever esse post. Então vamos ao que interessa:

Máquinas Virtuais e Hands-On Labs

Antes de tudo, você vai precisar de um ambiente para praticar o que você já aprendeu ou quer aprender e a Microsoft é campeã nesse assunto. Existem não só uma, mas três máquinas virtuais totalmente gratuitas onde você baixá-las e praticar 100% da plataforma.

Assumindo que as práticas de ALM estão baseadas em 3 pilares, sendo Governança, Desenvolvimento e Operações, podemos dizer que temos uma máquina virtual para cada pilar e nelas é possível praticar gerenciamento de projetos ágeis, ferramentas de arquitetura, gerenciamento de código fonte, ferramentas para testadores, explorar um pouco do Project Server e System Center e muito mais.

Além disso, com cada máquina virtual, você baixará também uma série de Hands-On Labs que são roteiros guiando você passo-a-passo para conhecer e dominar cada funcionalidade da plataforma.

Ficou interessado? Acesse o blog do Brian Keller, prepare o seu HD e divirta-se.

Vídeos online

Se você sobreviver as diversas horas de práticas com as VMs do Keller, pode ser que você queira algo mais e aí meu amigo, tem muito, mas muito conteúdo disponível gratuitamente na Internet.

ALM Summit

Se você não tem problema com o inglês, recomendo ir direto a fonte. Acesse a página do ALM Summit no Channel9 e tenha acesso completo a todos os vídeos de todas as edições do evento, ou seja, 88 sessões cobrindo tudo e mais um pouco sobre ALM.

Visual Studio Summit

Prefere conteúdo em português? Sem problemas, ano passado tivemos o Visual Studio Summit 2012 onde todas as palestras foram gravadas e disponibilizadas. São 42 vídeos gravados em terras tupiniquins com bastante conteúdo sobre Visual Studio e ALM.

Microsoft Virtual Academy

No último Community Zone, ouvi do Fabio Hara que o Brasil é o maior gerador de conteúdo do MVA e ALM não poderia ficar de fora. Temos dois treinamentos focados na Introdução ao assunto. Não deixem de conferir:

Guia dos ALM Rangers

Cansou dos vídeos? Prefere documentos / guias? O time dos ALM Rangers tem uma série de guias para elevar ainda mais o seu conhecimento em ALM. 

Este Blog

Não dá pra deixar esse blog de fora. Muito conteúdo de ALM, papers, dicas de livros, ferramentas, além de treinamentos online gratuitos podem ser encontrados aqui. Não deixem de visitar as páginas Aprenda e Vídeos.

Quer mais?

Assine o feed deste blog, siga-me no twitter que tem muita novidade chegando. Em breve será lançado um MVA focado em certificação de TFS 2012, teremos também outros dois MVAs com foco em testes e TFS Service, além de uma série de eventos.

Quero manter esse post como uma referência para estudos de ALM free. Se você tem algum material que acha interessante e quer divulgá-lo aqui, deixe abaixo nos comentários.

Bom pessoal, é isso. Espero que vocês aproveitem bem todo esse material.

Bons estudos e até a próxima,
André Dias

Semana de Tecnologia Microsoft na Uninove

A Uninove, em parceria com a Microsoft Brasil, está realizando a Semana de Tecnologia Microsoft em suas unidades. Trata-se de um mês inteiro de palestras sendo que a cada semana, um campus diferente recebe o evento.

Nas duas últimas semanas, tivemos o evento passando pelas unidades da Vergueiro e da Vila Maria onde tive a oportunidade de palestrar nas duas.

Palestrar para estudantes do 1º ao 4º ano é um desafio e tanto e foi uma experiência nova pra mim. Afinal, como convencer um aluno do 1º semestre que uma palestra sobre testes manuais, um assunto que grande parte dos profissionais acham chato, pode ser interessante e pode contribuir muito para a carreira dele?

Pela sala cheia até as 22:30 acredito que consegui entregar a mensagem, ou pode ser também que o pessoal queria demais os brindes 🙂 Mas o fato é que achei muito bacana a iniciativa da faculdade de colocar frente a frente alunos e profissionais do mercado falando, não só sobre tecnologia e ferramentas, mas também carreira, mercado de trabalho e dicas de conteúdos gratuitos para especialização. Infelizmente, não tive toda essa oportunidade quando me formei.

Abaixo, podemos ver os slides das palestras e vídeos que cobrem os assuntos que foram abordados nos dois eventos.

Slides

Testes Manuais com Microsoft Teste Manager

Testes Exploratórios com Teste Manager

Espero que gostem.

Abraços e até a próxima,
André Dias

Continuous Delivery para Windows Azure usando Team Foundation Service e Git

Como mencionei no post anterior, no último 16/03 aconteceu o Azure Summit Brasil 2013, evento em que tive a oportunidade de participar como organizador e como palestrante.

IMG_8931 (2048x1365)

Na minha palestra, abordei um assunto que já venho falando há algum tempo: Continuous Delivery. Porém, desta vez, optei por tratâ-lo de uma forma mais conceitual onde comentei sobre as diferenças entre os conceitos de Build, Build Server, Continuous Integration, Continuous Deployment e Continuous Delivery, além de abordar alguns patterns e anti-patterns de deployment.

Outra mudança foi o foco da palestra, onde o ALM foi deixado como coadjuvante dando grande espaço ao Windows Azure, em que demonstrei as práticas de Continuous Delivery com Cloud Services e Azure Web Sites integrados com Team Foundation Service e Git. 

Para você que ficou interessado e gostaria de assistir ou que já acompanhou ao vivo e gostaria de ver novamente, deixo abaixo dois links para os slides e para a gravação da palestra.

Slides

Vídeo

Abraços e até a próxima.
André Dias

Azure Summit Brasil 2013

No último 16 de março, aconteceu o Azure Summit Brasil 2013, o maior evento de Windows Azure do país.

Posso dizer que foi o maior e mais trabalhoso evento que já organizei. Devido há algumas restrições, tivemos praticamente 5 semanas entre tirar um evento do papel e acomodar mais de 250 pessoas nos auditórios da Microsoft.

483868_477098742339240_1894292573_n

Números

Além das 250 pessoas que acompanharam o evento presencialmente, tivemos mais de 700 inscritos que ficaram em lista de espera, mais de 1.000 acompanhando o evento que foi transmitido online e esperamos ter outras milhares de pessoas acompanhando as gravações das palestras que estão sendo liberadas desde ontem no canal do evento no YouTube.

Com um prazo tão agressivo, precisavamos de uma forma de divulgação rápida e as redes sociais nos ajudaram demais nesse assunto. Em poucos dias, tivemos um alcance de 180.000 pessoas indiretas, 5.000 diretas e mais de 600 pessoas engajadas com a divulgação em redes como Facebook e Twitter.

Organização

O evento foi organizado pela BR Soluções Integradas, onde eu e o Evilázaro Alves representamos a empresa, mas contamos também com um grande apoio do MVP em Azure, Lucas Romão, do Luciano Condé, Gerente de Produto do Windows Azure, além dos times de DPE, Vendas e Parcerias da Microsoft Brasil que deram uma grande força na divulgação do evento.

538316_467807373268377_525795371_n 734096_477088642340250_865991893_n 537646_477088679006913_73175793_n

Falando em divulgação, não dá pra deixar de mencionar a gravação que Scott Guthrie, Corporate Vice President de Server and Tools Business fez, convidando o pessoal para o Azure Summit Brasil 2013.

Palestrantes & Palestras

Ao contrário de muitos eventos, a seleção de conteúdo e palestrantes acabou sendo a parte mais fácil de toda a organização do evento.

No lado do conteúdo, não tivemos que pensar muito, uma vez que decidimos cobrir 100% da plataforma. Nosso maior desafio foi organizar o conteúdo em trilhas adequadas e trazer para o evento assuntos não técnicos e poucos discutidos como Modelos de Negócio na Nuvem, Licenciamento, Segurança, entre outros.

164438_477088112340303_1939881684_n 487612_477087625673685_1424710579_n 578001_477087949006986_1575740230_n

Já no lado dos palestrantes, a escolha também não foi difícil. Inicialmente, adotamos um critério de seleção onde os palestrantes seriam formados por pessoas do grupo Azure Champs Brasil, funcionários da própria Microsoft e MVPs e depois disso foi apenas fazer um match de palestrantes e palestras.

A voz da comunidade

Gostaria de destacar também algumas publicações que descreveram muito bem o que foi o evento. São elas:

Canais

Apesar do evento presencial ter durado apenas um dia, o Azure Summit Brasil continua vivo na internet. Então, não deixe de assinar os canais no YouTube, Facebook e Twitter e fique ligado nas publicações das gravações das palestras, notícias sobre a plataforma de nuvem da Microsoft e divulgação de eventos futuros.

Curiosidades

Você sabia que o Azure Summit Brasil quase foi cancelado? Pois é, há 3 dias da realização do evento, a Microsoft foi notificada que devido a manutenções na rede elétrica não haveria energia no bairro e consequentemente no prédio onde o evento seria realizado.

Após considerarmos diversas possibilidades, entre elas o cancelamento do evento, optamos por manter tudo como programado e o Luciano Condé, assumiu a responsabilidade de montar uma força-tarefa para garantir a realização do evento a base de geradores.

Se não tivessemos anunciado, acredito que poucas pessoas perceberiam que iluminação, internet, ar-condicionado, elevadores, banheiros e toda a infraestrutura estava a base de geradores. Isso sem contar apoio de bombeiros e um time de contenção para garantir toda a segurança e a qualidade do evento.

Fica aqui o meu agradecimento ao Luciano Condé, que, utilizando palavras de Paulo Iudicibus, diretor de DPE, literalmente deu a luz ao evento.

Espero que vocês tenham curtido o evento tanto quanto eu.

Abraços e até a próxima.
André Dias

MVP Virtual Conference 2013 – 26, 27 e 28 de Março

Na próxima semana, no período de 26 a 28 de Março, teremos a primeira edição do MVP Virtual Conference.

Trata-se de um evento organizado e realizado por MVPs, que contará com 9 trilhas e que terá como o seu grande diferencial o foco em cenários reais. Com isso, cada trilha abordará um determinado cenário, onde todas as palestras da trilha estarão conectadas de forma a apresentar uma solução completa para o cenário proposto.

Eu estarei coordenando, junto com o MVP Carlos dos Santos, a trilha de Gerenciamento de Projetos e Equipes de Desenvolvimento. Que contará com palestras de todos os MVPs de ALM do Brasil, além de outros convidados.

O cenário que será abordado na trilha é o seguinte: Uma empresa de médio porte está em franco crescimento, aproveitando oportunidades do mercado. Suas aplicações estão se tornando mais complexas e o time de desenvolvedores está crescendo. Nos últimos anos, a empresa tem sofrido com uma demanda crescente por suporte, devido constantes falhas no software em produção. A qualidade do software gerado pelos times é sofrível e essa percepção tem crescido no mercado. A empresa espera continuar crescendo, mas precisa corrigir e evitar novos problemas com a gestão de seu processo de desenvolvimento de software. Recentemente, a empresa ouviu falar sobre as novas tendências no desenvolvimento ágil e os benefícios da abordagem para Modern Apps.

E para resolver esse cenário, a grade abaixo foi definida:

Horário

Título

Descrição

Palestrante(s)

09:00-09:35

Como escolher a modelo ideal de TFS para sua empresa.

Veja nesta apresentação os modelos de implementação do TFS, qual o mais adequado para a sua empresa e quais as vantagens de cada modelo.

Carlos dos Santos (MVP)

09:40-10:15

Agile Project Management.

É cada vez mais cresce o número de projetos que estão adotando um modelo de gestão ágil baseado no framework do Scrum. Nessa sessão discutiremos como integrar a gestão de projeto ágil dentro do Team Foundation Server desde planejamento do Sprint, acompanhamento, Scrum Board, Burndown permitindo a integração em um ambiente de colaboração ágil integrando todas as informações contribuindo para maior eficiência e melhoria dos projetos desenvolvidos. Durante essa sessão vamos discutir como implementar um Sprint baseado no Scrum usando o Team Foundation Server organizando o backlog, Sprint Backlog, atividades, Velocity, Burndown, Forecast e como o Application Lifecycle Management pode contribuir com melhoria e agilidade no dia a dia dos projetos.

Ramon Durães (MVP)

10:15-10:50

PowerPoint Storyboarding and Feedback Client

A evolução da informática torna cada vez mais clara a necessidade dos desenvolvedores de software em atender bem os seus clientes. Clientes não são meros usuários, eles são pessoas, têm sentimentos e necessidades, e não vivem para operar um sistema. Clientes podem ter vários perfis, diferentes necessidades e usos para cada peça de software construída. E por mais óbvia que possa parecer esta observação, ainda não percebemos uma atenção real aos clientes e suas necessidades por parte da maioria das equipes de desenvolvimento. O PowerPoint Storyboarding e o Microsoft Feedback Client não resolvem o problema citado acima, mas partindo desta mudança de postura, podem ser excelentes ferramentas para melhorar a comunicação e facilitar o trabalho colaborativo entre os desenvolvedores de software e os seus clientes, ajudando a termos um bom início e um bom encerramento de um ciclo de desenvolvimento de uma aplicação.

Marcelo Azuma (MVP)

10:55-11:30

Estratégias de Branch & Merge utilizando o TFS 2012

Para otimizar a sua equipe no desenvolvimento de novas funcionalidades, acertos de bug e até mesmo desenvolver versões completamente renovadas as empresas acabam necessitando que tudo ocorra em paralelo, ou seja, melhorias, bugs e novas versões construídas simultaneamente.Como fazer para garantir que o código que vai para a produção é somente da funcionalidade desejada e não de tudo que está acontecendo no momento ? Para resolver esse problema devemos aplicar algumas estratégias de Branch & Merge, permitindo a segmentação e controle necessário para que você leve para produção somente o que realmente desejar e precisar.

Cláudio Leite (ALM Ranger)

13:00-13:35

Teste de Software: Manual sim, amador, jamais!

Você usa o Office como plataforma de Testes? Word para Casos de Testes, Excel para Gerenciamento de Bugs e Power Point para coletar evidências? São ótimas ferramentas, mas não foram criadas para isso. E como fica a rastreabilidade entre todos esses artefatos? Quantas horas, dias ou até mesmo meses você demora para fazer um teste de regressão? Aliás, o que eu devo testar nesta nova versão? Se você não está confortável para responder alguma dessas perguntas, essa palestra é para você. Nela, veremos como utilizar o Microsoft Test Manager para criar, gerenciar e executar Casos de Testes, além de ver na prática toda a rastreabilidade entre Requisitos, Código Fonte, Build, Casos de Testes e Bugs. Veremos também a novíssima funcionalidade de Testes Exploratórios e, por último, entenderemos como é possível fazer praticamente tudo isso sem nenhuma ferramenta instalada em seu computador. Isso mesmo, mostraremos a versão ainda beta do Web based Test Case Management.

André Dias (MVP)

15:40-14:15

Aferindo a qualidade do serviço com testes de desempenho

Concluir um sistema e garantir sua qualidade vai muito além de entregar o código-fonte pronto e alguns testes. Ainda que as regras de negócio estejam todas corretas, podemos dizer que um sistema realmente funciona se ele não atender às demandas de estabilidade, desempenho e responsividade dos usuários? Venha aprender como as ferramentas de teste de desempenho para aplicações Web do Visual Studio Ultimate pode ajuda-lo a criar e analisar testes de desempenho de aplicações Web.

Igor Abade (MVP)

14:15-14:50

Automatizando Builds com Team Foundation Server – Muito alem do “F5”

Para muitas pessoas gerar um Build de uma aplicação é baixar o código fonte na máquina de um desenvolvedor e compilar o código (o que não deixa de ser verdade 🙂 ). Conheça a plataforma de Build do Microsoft Team Foundation Server 2012 e comece a enxergar um novo mundo, um mundo de praticidade, agilidade, deploy e integra continua. Transforme seu processo de publicação manual em poderosas automações com este recursos. Veremos um pouco sobre a estrutura de conceitos, servidores, integrações, validações e deploy de software com TFS 2012.

Adriano Bertucci (MVP)

14:55-15:30

Eliminando o cenário “no repro bug”

Veja como utilizar o IntelliTrace para coletar informações de debuging em ambientes de produção. Isso permite você entender o que aconteceu com a sua aplicação sem a necessidade de instalar Visual Studio ou ter que fazer qualquer tipo de mudança no ambiente da aplicação.

Marcio Sete (MVP)

15:30-16:45

Round Table

Nesta sessão, todos os palestrante se reunirão para responder as suas perguntas. Está com alguma dúvida? Traga para nós!

Palestrantes e Convidados

 

Ficou interessado? Aproveite e inscreva-se em http://mvpvirtualconference.azurewebsites.net/. É um evento 100% online e gratuito.

Nos vemos lá.

Abraços
André Dias