ALM Rangers – Relatório de Permissões do TFS

Ana, uma administradora de TFS, quer saber a quais recursos do TFS os usuários tem acesso, para identificar potenciais riscos de segurança”. Parece uma user story (ou requisito) bobo, algo tão simples que imaginamos que a ferramenta vai nos mostrar isso em no máximo 3 cliques.

Pois é, não é bem assim! Apesar de ser uma das solicitações mais comuns dos administradores, até hoje o TFS não oferece uma maneira fácil de obter essas informações. Aliás, não oferecia.

Em outubro do ano passado, submeti um projeto para o time dos ALM Rangers sugerindo tal funcionalidade. Esse projeto passou por votação, foi aprovado, foi desenvolvido (infelizmente não consegui participar do desenvolvimento por questões de agenda) e, finalmente, foi concluído.

Tenho o orgulho em anunciar o Extracting effective permissions from TFS Whitepaper and Samples. Ainda não é uma versão final, mas já dá uma boa ajuda.

report

Baixe o guia, rode a ferramenta, veja o seu relatório e, principalmente, forneça o seu feedback. Pode ser aqui neste blog ou mesmo na página oficial do produto.

Espero que gostem.

Abraços e até a próxima!
André Dias

Microsoft Hackathon DevOps – Como foi?

Quem já trabalhou em algum departamento de TI, deve ter presenciado pelo menos uma discussão entre “Desenvolvedores e Designers”, “Desenvolvedores e Testadores”, “Desenvolvedores e Profissionais de Infraestrutura” ou até mesmo entre “Desenvolvedores e Desenvolvedores”.

Agora vamos analisar: se os desenvolvedores não se dão bem nem com eles mesmos, qual a chance de sair algo produtivo ao se misturar Developers e IT Pros que nunca se viram, utilizando as mais variadas tecnologias, com o objetivo de colaborarem o tempo todo para entregarem um projeto em apenas 2 dias?

devops

Parece utopia, mas no último final de semana, Microsoft e Globalcode organizaram um Hackathon de DevOps que conseguiu essa proeza. Um evento com palestras sobre vários assuntos, mentores para suportar as plataformas Microsoft e Java e aproximadamente 40 pessoas divididas em 10 times.

O resultado foi algo que eu jamais tinha visto: Profissionais colaborando o tempo todo, não importando se o seu papel estava mais para Dev ou para Ops, se a tecnologia era Open ou Microsoft, o objetivo era entregar o projeto e para isso alguns times trabalharam durante a noite, ignoraram o coffee break e alguns até adiaram o almoço. Isso sem ganhar um centavo e “trabalhando” no final de semana.

Em poucas horas, esses profissionais conseguiram montar um ambiente de desenvolvimento, publicar uma solução na nuvem e monitorá-la tanto do ponto de vista técnico quanto de negócios de forma 100% automatizada. Algo que grandes empresas sonham há tempos, esses profissionais fizeram em apenas 2 dias.

alm-devops

Algumas frases que ouvi durante o fim de semana, resumem o evento.

  • “Eu não sabia que eu podia trabalhar assim. Eu descobri uma forma muito melhor de realizar o meu trabalho, uma forma que me dá prazer.”
  • “Eu como IT Pro me senti parte do projeto, não apenas aquele cara que recebe um chamado para instalar um servidor quando o projeto já acabou. Eu pude influenciar algumas decisões.”
  • “Eu gostaria de mais tempo…”
  • “Eu quero aplicar isso no meu trabalho amanhã…”
  • “Desenvolvedores e IT Pros trabalhando lado a lado são muito produtivos. As coisas saem na hora e acaba aquela burocracia que as empresas nos impõe”
  • “A produtividade que as ferramentas dão é fora do comum, eu fiz coisas aqui em dois dias que eu não faria em meses na minha empresa”
  • “Para subir um servidor na minha empresa eu demoro 22 dias, aqui eu subi vários em horas”

Sem dúvida, ouvir comentários como estes traz a sensação de dever cumprido, mas ao assistir a apresentação final, a satisfação é ainda maior. Me lembro claramente de olhar para a Yara Senger em uma das apresentações de Java e, mesmo sem falarmos uma palavra, os dois acenaram a cabeça querendo dizer “Como esses caras conseguiram fazer isso?”.

DevOps Hackathon

No fim, tivemos um “empate técnico” entre 2 grupos, mas como as regras do evento não permitiam um empate, novas premiações surgiram e além dos celulares Lumia 1320, os grupos vencedores ainda ganharam a oportunidade de apresentarem suas soluções no TechEd Brasil 2015. Quer prêmio melhor que esse? 🙂

Quero deixar aqui o meu agradecimento ao Vinicius Apolinário da Microsoft, ao casal Senger da Globalcode pela oportunidade de participar de um evento como esse e principalmente a todos os participantes pelo empenho e comprometimento durante todo o evento.

Pra quem não pode participar, segue abaixo os slides da minha palestra com o tema DevOps – Colaboração, Automação, Redução de Custo e Aumento de Produtividade em 40x.

Valeu galera! Foi muito bom!
Até a próxima.

Videos e Slides da Trilha de ALM – MVP Showcast 2013

ATDD para times .NET com Specflow e Coded UI Test

Palestrante: Alan Correa Morais
Data: 25/11/2013

Slides:

Gestão de Projetos e Processos – Muito além do trivial

Palestrante: Adriano Bertucci
Data: 26/11/2013

Slides:

Visual Studio, TFS e Git – Better Together

Palestrante: Giovanni Bassi
Data: 27/11/2013

Vídeo:

Cloud-based Load Testing

Palestrante: Igor Abade Leite
Data: 27/11/2013

Slides:

Vídeo:

Continuous Delivery com TFS e InRelease

Palestrante: André Dias
Data: 02/12/2013

Slides:

Vídeo:

Customizando o TFS de Ponta a Ponta – OData, APIs e muito mais

Palestrante: Márcio Sete
Data: 12/12/2013

Vídeo:

Comunidade de ALM

Há algum tempo eu fiz um post sobre onde aprender ALM na faixa. O post dá dicas de livros, vídeos, artigos, guias e uma quantidade absurda de material para você aprender ALM de todas as maneiras. Mas e depois? Você já leu parte deste material, ficou com dúvidas ou quer compartilhar experiências, discutir e se aprofundar no assunto. Quais são os próximos passos?

Abaixo você encontrará algumas referências de pessoas, comunidades e alguns canais para você se engajar ainda mais com o tema ALM.

ALM MVPs e ALM Rangers

MVP e ALM Rangers são dois programas mantidos pela Microsoft. Enquanto o primeiro tem um foco em reconhecer profissionais por sua contribuição com a comunidade técnica, o segundo tem um foco um pouco diferente, onde o objetivo é reunir um grupo de especialistas em ALM ao redor do mundo para, junto com o time da produto da Microsoft, criar guias e ferramentas para preencher as lacunas dos produtos/mercado.


Quem são os Brasileiros que fazem parte destes programas e pode ajudá-lo?

Comunidades

Agora que você já sabe quem pode te ajudar. Que tal se envolver em uma ou mais comunidades para esclarecer dúvidas, compartilhar experiências e ficar sabendo o que anda rolando neste mercado?

Time de Produto

Vá além, não fique limitado ao conhecimento da sua comunidade local. Busque informações diretamente da fonte acompanhando os blogs de quem define o rumo dos produtos e da estratégia de ALM da Microsoft.

É bem provável que eu tenha deixado alguém, alguma comunidade ou algum blog muito relevante de fora. Então, desde já fica aqui as minhas desculpas por essa falha, e conto com a colaboração de todos para manter esse post o mais atualizado possível. Se você lembrou de alguma outra fonte, deixe um comentário que eu adiciono.

Abraços e até a próxima.
André Dias

Palestra ALM End-to-End no TDC 2013 SP

Sexta-feira, 12 de junho, tive a honra de participar de mais uma edição do The Developers Conference (TDC). Ao todo, são 3 anos seguidos contribuindo com a trilha de ALM, seja com a coordenação da trilha ou mesmo como palestrante.

 The Developers Conference 2013, um evento organizado pela Globalcode

Diferente do ano passado, onde tínhamos trilhas específicas para ALM Open e ALM Microsoft, neste ano as trilhas se misturaram e com isso decidi cobrir a plataforma de ALM Microsoft de uma forma mais genérica. Posso dizer que foi um grande desafio fazer uma introdução a ALM, dar uma visão geral do TFS e demonstrar praticamente a plataforma inteira em 50 minutos e claro, responder as dúvidas da galera.

A pedido da Microsoft, acabei repetindo a palestra no mesmo dia em uma sala exclusiva da Microsoft no evento, onde com um pouco mais de tempo, foi possível discutir nos bits aspectos da automação de testes da plataforma.

Sem dúvida, mais um grande evento com muito aprendizado e muito networking e só posso deixar aqui os meus agradecimentos a Yara Senger, Diretora Geral do Evento, e ao Bruno Souza e Kleber Xavier pela definição de uma grade excelente e pela ótima condução na coordenação da trilha. Muito obrigado pessoal.

Abaixo vocês podem ver algumas fotos do evento e os slides da palestra:


Imagem 1: Apresentando um dos relatórios de Bugs do TFS.


Imagem 2: Uma mente brilhante.


Imagem 3: No stand da Microsoft tirando dúvida da galera.

Abraços e até a próxima.
André Dias