Tudo o que você precisa saber sobre testes no Visual Studio – Parte 2

Dando continuidade à série de vídeos sobre testes com o Visual Studio 2010, acabamos de publicar a 2a. parte na Lambda3 TV. Neste segundo episódio, abordamos os seguintes assuntos:

  • Testes de Métodos Privados
    • PrivateObject
    • PrivateType
  • Asserts
    • Assert
    • CollectionAssert
    • StringAssert
  • TraceContext
  • Atributos Inicialização/Finalização
    • [AssemblyInitialize]
    • [AssemblyCleanup]
    • [ClassInitialize]
    • [ClassCleanup]
    • [TestInitialize]
    • [TestCleanup]
  • Ordered Test
  • TDD (Test Driven Development)
  • Refactoring

Se você perdeu o episódio anterior, não deixe de assistí-lo.

Gostaria de ver outros assuntos sobre testes ou algum outro conteúdo completamente diferente? Deixe seu comentário abaixo.

Até a próxima,
André Dias

  • http://www.facebook.com/oizumi.willian Willian Oizumi

    Olá André, parabéns por essa série de vídeos!! Estou ansioso pela continuação da série, principalmente a parte de coded UI.

    Obrigado,Abraço!

  • Jeferson

    Olá André, parabéns por essa série! Gostei muito, pena que não deu pra falar muito sobre TDD e Refactoring. Só uma dica sobre TDD seria criar uma lista de testes antes de se criar os testes no Visual Studio, fica melhor para organizar :). Sobre as classes Assert’s eu nem conhecia, muito legal! Parabéns!

  • Joilson

    Gostaria de saber com utilizar resultados de um teste (que criou um objeto, por exemplo) em um outro teste (por exemplo, o teste seguinte de um OrderedTest).

  • Francisco

    Animal, espero um pouco mais de TDD, mas tá MUITO bom.

  • Fabricio Doi

    André, excelente apresentação, mas vai uma pergunta capciosa:

     

    Entrega-se uma Sprint 1 com 25 Test
    Cases, 10 do UC1, 10 do UC2 e 5 do UC3.

     

    Na Sprint 2, tivemos alterações nos 3 UC, o que gerou
    alterações em 10 Test Cases e criação de outros 10.

    1. Os 15 testes inalterados: devem ser refeitos? Eles são da Sprint 1 correto? Como passar eles para a Sprint 2?
    2. As 10 alterações: faz-se nos Test Cases originais, ou em cópias para manter histórico da Sprint 1?
    Além de cópias, existe uma solução melhor? Tenho casos em que temos 10 sprints e em todas o mesmo caso de uso sofreu alterações. Imagina só a quantidade de test cases replicados no TFS…

    Abraço!